História do plástico

Os plásticos são materiais sintéticos produzidos a partir de matérias químicas básicas chamadas monômeros. São formados pela união de grandes cadeias moleculares, os polímeros. Do grego, poli, que significa muitas, e mero, partes. Existem polímeros naturais e sintéticos. Os sintéticos são produzidos industrialmente e dão origem aos plásticos. Os polímeros naturais podem ser encontrados em plantas e animais. A madeira, o algodão e o látex são alguns deles.

1838 - O francês Victor Regnault polimeriza o cloreto de vinila (PVC) com auxílio de luz solar.

1839 - O norte-americano Charles Goodyear descobre a vulcanização da borracha natural, possibilitando o uso desse material.

1835-1900 - São desenvolvidos derivados de celulose como o nitrato de celulose, a celulóide, fibras de viscose rayon, entre outros.

1898 - Os químicos Einhor e Bischoff descobrem, por acaso, o policarbonato, que seria desenvolvido apenas em 1950.

1907 - O norte-americano Leo Hendrik Baekeland sintetiza resinas de fenol-formaldeído, que ficariam conhecidas como baquelites. O baquelite é o primeiro plástico totalmente sintético que surge em escala comercial.

1920-1950 - Neste período, são desenvolvidos os polímeros: policloreto de vinila (PVC), polimetacrilato de metila (PMMA), poliestireno (PS), nylon, polietileno, silicone, poliuretano, acrinolitrina butadieno estireno (ABS) e poliéster, além de fibras sintéticas de poliéster e acrílico, entre outros.

1924 - São criadas as fibras de acetato de celulose.

1950 - Os anos 50 são marcados pela popularização da tecnologia de polímeros e pelo surgimento do polipropileno, espumas de poliuretano, polietileno linear, poliacetais e policarbonatos.

1960 em diante - Surgem os plásticos de engenharia, materiais de alto desempenho com diversas aplicações. Também são desenvolvidos, a partir da engenharia de macromoléculas, os elastômeros termoplásticos, além de tanques de combustível e sacos de supermercado feitos em polietileno de alta densidade (PEAD), lentes de contato flexíveis e garrafas de polietileno tereftalato (PET).

     Principais tipos de polímeros plásticos:

HIPS - Poliestireno Alto Impacto
GPPS – Poliestireno Cristal
PP - Polipropileno
PEAD - Polietileno de Alta Densidade
PEBD – Polietileno de Baixa Densidade
PET – Polietileno Tereftalato
PC - Policarbonato
PU – Poliuretano
PVC - Policloreto de Vinila
ABS – Acrinolitrina Butadieno Estireno

Fonte: Portal São Francisco